Publicidade

Publicidade

MILITANTES SE REÚNEM PARA A FUNDAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DA CULTURA HIP HOP DO RIO DE JANEIRO

sábado, abril 07, 2018



Na última quinta-feira, 05 de abril, diversos nomes de grande expressão na cultura urbana promoveram a assembleia de fundação da Associação da Cultura Hip Hop do Rio de Janeiro, no Circo Voador. Neste dia histórico, foi feita a leitura do Estatuto e a votação da chapa de Gestores.

Organizado inicialmente pela ativista e MC Taz Mureb, de Cabo Frio, pelo grafiteiro e MC Airá O Crespo, DJ Fábio ACM, Dom Negrone, DJ Erik Skratch, a criação da associação seguiu, inicialmente, alguns moldes da Associação de Hip Hop de Esteio, do Rio Grande do Sul, que tem como representante o MC e militante Rafa Rafuagi. Durante a assembleia no Rio presidida por Bira Tomé, expoente representante das rádios comunitárias, os sócios-fundadores fizeram a leitura e adaptação do Estatuto de acordo com a realidade carioca.

Participaram da assembleia: Taz Mureb, DJ Fábio ACM, Luck (C.B.C.R.), Arthur Moura, DJ Erik Skratch, Dom Negrone, Vinni Max, Xará, Repper Fiel, MC Oz, Sistah Mo, Shackal, DJ Premier, M.R. Bocca, Monique Barcellos, Bira Tomé, Daianne Nogueira, Cacau Amaral, Murilo Caetano e Mirian Ester. A abertura dos trabalhos ficou por conta do militante Airá O Crespo, que explicou a importância de representantes culturais se organizarem no Hip Hop. Assista um trecho:




Na sequência da assembleia, foi lido o Estatuto, que define os principais objetivos sociais, entre eles, receber aqueles que articulam com uma ou mais vertentes e buscam a interação e viabilização das relações e ações culturais, além do fortalecimento das atividades econômicas conjuntas, especialmente relacionadas à Cultura Hip Hop e as artes em geral.

De acordo com o Estatuto, os associados poderão desenvolver projetos como cursos técnicos e profissionalizantes nas mais diversas áreas, promover eventos socioculturais tendo como base a Cultura Hip Hop, fomentar atividades educacionais por meio de oficinas, palestras, cursos, entre outros. 

(Fotos e Vídeo: Divulgação)


Ao final da assembleia, ficou decidido através de votação, por unanimidade, o Corpo Gestor da Associação, composto pelos respectivos membros: DJ Fábio ACM (Coordenador Geral e Administrativo), M.R. Bocca (Coordenador Financeiro), Dom Negrone (Coordenador de Projetos, Eventos e Produção Cultural), Taz Mureb (Coordenadora de Autogestão e Sustentabilidade), Luck G.B.C.R.(Coordenador de Oficinas e Desenvolvimento Pedagógico) e Airá O Crespo (Coordenador de Comunicação Social). O Conselho Fiscal ficou composto por Erik Skratch, Monique Barcellos e Rapper Fiel.



UMA QUESTÃO DE VISIBILIDADE

A BUSCA POR LEGITIMIDADE NAS ESFERAS PÚBLICA E PRIVADA


A Associação da Cultura Hip Hop do Rio de Janeiro marca este novo momento de organização na cena, com o objetivo de interagir com entidades educacionais, culturais ou sociais, públicas ou privadas, para desmistificar e divulgar as muitas vertentes da Cultura Hip Hop, promover o bem-estar social através da cultura e da educação, sempre com base na Constituição Federal e em seu regimento interno.

Foi amplamente discutido por alguns membros a necessidade do representante da Cultura Hip Hop no Rio de Janeiro buscar capacitação e coletividade para, dessa forma, gerar visibilidade. A ideia é ocupar cada vez mais espaços na esfera pública e privada, através de projetos, eventos e ações sociais.


Confira a Galeria de Fotos desse dia histórico para o Hip Hop:








Contato: achiphoprj@gmail.com 




Siga nossas redes!





Ou entre em contato por email - rapdefato@gmail.com

--

You Might Also Like

0 Comentários

Deixe sua opinião e por favor, ASSINE seu comentário!

Publicidade

Anuncie Aqui

Publicidade